.mais sobre mim

.posts recentes

. A Vídeo Vigilância na Esc...

. A sempre difícil tarefa d...

. As WQ e as Ciências

. Hot Potatoes: Esta batata...

. A Internet

. O Principezinho na Escola

. Provas de Aferição

. Visitas Reais vs Visitas ...

. Blogs na Educação

. O meu primeiro blogue

.links

.Junho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

26
27
28
29
30


.pesquisar

 

.arquivos

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

Segunda-feira, 25 de Junho de 2007

A Vídeo Vigilância na Escola. Será a solução

Na passada sexta feira, dia 22 de Junho foi publicada no Diario Digital, do Sapo a seguinte notícia: "O sistema de videovigilância vai ser generalizado a todas as escolas no próximo ano lectivo, garantiu hoje a ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, em entrevista à Antena 1.

Em declarações à rádio, a ministra afirmou que a instalação de câmaras vai permitir, sobretudo, «proteger as escolas do exterior», uma vez que se têm registado «alguns assaltos» a estabelecimentos de ensino, com roubo de equipamento.

«Para criar melhores condições de trabalho para os professores e para as escolas e um clima de maior confiança para os alunos, o que está previsto é a instalação dos sistemas de vigilância. Já era um compromisso para este ano e estamos a cumpri-lo. [O Ministério da Educação] vai criar condições para que todas as escolas possam dispor desse equipamento», afirmou.

A generalização de circuitos de videovigilância nos estabelecimentos de ensino foi anunciada já em Janeiro, na sequência de um encontro entre o Ministério da Educação e o grupo coordenador do Programa Escola Segura.

Nessa reunião, que contou com a presença da ministra e do secretário de Estado da Educação, a tutela analisou igualmente a instalação de sistemas de alarme e a possibilidade de generalizar a utilização de cartões electrónicos dos alunos nas escolas do ensino básico e secundário.

Segundo um relatório da PSP divulgado no final de 2006, a criminalidade nas escolas portuguesas aumentou 15 por cento no passado ano lectivo, tendo sido efectuadas 46 detenções pelos efectivos do Programa Escola Segura, principalmente por roubo, tráfico de droga, agressões e furtos.

Em Novembro, o Governo anunciou uma reestruturação deste programa, criando uma equipa de missão que, até 2009, vai avaliar a situação de violência nos estabelecimentos de ensino e propor novas políticas de segurança."

 

 

No momento em que li esta notícia apeteceu-me logo escrever um comentário sobre ela, mas tive dificuldade. Passei o fim de semana a pensar nisto, hoje fui ver alguns comentários à notícia (dos quais discordo)  e só agora decidi escrever. Talvez a vídeo vigilância ajude na identificação de alguns problemas, mas a meu ver, não será a solução, porque esta ultrapassa toda as barreiras físicas. Os delinquentes que assaltam a Escola são parte de uma Sociedade que foi f(de)formada pela própria Escola,  de onde talvez a Família se tenha demitido de uma parceria de formação. Só quando este triângulo (Escola, Sociedada, Família) funcionar na prática, sem demagogias, a violência diminuirá e as câmaras de vigilância poderão ajudar. Como se faz? Acho que também não sei... Talvez passe pelo regresso da autoridade, sem autoritarismo, às escolas, talvez por famílias presentes, talvez pelo fim da escola de massas: igual para tantos diferentes, se calhar é preciso apostar nas reais capacidades e objectivos de cada um ...


publicado por acm às 00:04

link do post | comentar | favorito

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds